Etiquetas

, , ,

No final das contas, acabamos optando pela Air Canada. Não foi a mais barata mas a ideia de fazer poucas escalas nos atraiu bastante. Nossa rota será: Curitiba – SP – Toronto – Montreal.

Na realidade vamos nos instalar na cidade de Quebec – o que dá umas duas horas de carro de Montreal – e felizmente teremos uma muito bem vinda carona dos amigos Ean e Estela (isso que é amizade! de bom grado se oferecerem pra buscar essas duas criaturas que vão chegar perdidas, exaustas e abarrotadas de malas!).

Alias, a Air Canadá Brasil disponibilizou uma cortesia em 2009 que se estendeu para 2010, que preve a liberação de uma terceira mala de 32 quilos para os passageiros que estão imigrando. Contudo, naturalmente há algumas regrinhas:

– a promoção só se aplica quando apenas a passagem de ida é comprada.

– há o risco de que a Tam, que faz o trajeto nacional,  entender que pode cobrar a diferença de peso (li em diversos blogs relatos de pessoas que embarcaram sem maiores problemas e de outras que encontraram resistência no check in).

No nosso caso acabou não compensando, pois, comprar somente a ida era uns USD$ 300,00 mais caro que comprar a ida e volta (sinceramente  gostaria de entender essa politica das cias aéres já que isso não faz sentido nenhum pra mim!). Detalhe, a taxa de excesso de bagagem para uma mala de 32 quilos custa USD$ 107,00.

Enfim, no nosso caso os valores envolvidos foram estes. Contudo, nada impede que no momento da compra outros consigam condições mais atraentes.

De qualquer forma, até esse momento não tenho nada o que reclamar do atendimento que, até aqui, foi muito bom.

Anúncios