Etiquetas

, ,

Como todo(a) brasileiro(a) sabe, o título de eleitor é um documento importantissimo (e nem vou comentar as implicações políticas aqui), pois dele dependem vários outros, tipo: CPF, passaporte, etc.

Quando a gente está fora do país, nossa obrigação é de votar apenas pras eleições presidenciais. Contudo, para que essa regra entre em vigor, é preciso ter feito antes a tranferencia de domicílio eleitoral. Ou seja, oficialmente é preciso avisar que não está mais vivendo nas terras brazukas, caso contrario, cada eleição e referendo (aliás, cada turno realizado), conta como uma eleição e, após 3 sem voto ou justificativa, o título é cancelado.

Mas dá pra justificar o voto, não é? Sim, é possível. Nesse link há informações mega detalhadas postadas no fórum da Comunidade Brasil-Québec.

Mas como esse não era mais o nosso caso, segue o caminho pra regularizar o Título:

Pra começar, é preciso apresentar os seguintes documentos:

  • Documento oficial de identidade (RG, passaporte ou certidão de nascimento brasileira);
  • Certidão de casamento, se houver. Se for casado no exterior, o casamento deverá ser registrado no Consulado);
  • Certidão de Nascimento;
  • Comprovante de residência no exterior ou preenchimento de declaração de residência.
  • Comprovante de quitação com o serviço militar obrigatório (Certificado de Alistamento Militar- CAM, carteira de reservista ou documento equivalente) – para homens entre 18 e 45 anos.

Além disso, é obrigatorio ir ao consulado para colher as digitais (indicador e polegar das duas mãos), preencher um formulario (fornecido na hora) solicitando a tranferencia de domicilio eleitoral e entregar um outro formulario, já preenchido de preferencia, solicitando a isenção do pagamento da multa pelas por votações não realizadas/justificadas (segue link).

Como o título é feito apenas no Brasil, entre a solicitação e a recepção do documento, leva uns seis meses e, quando chegar no consulado, é necessário ir buscar o novo e deixar o antigo lá.

Para saber quando o documento já está pronto, basta consultar de tempos em tempos o site do consulado na seção de “Títulos disponíveis”.

Imagino que até pareça muita coisa, mas tendo todos os documentos em mãos tudo se resolve em apenas alguns minutos. No nosso caso, como chegamos uns minutinhos antes do consulado abrir, levou apenas 45 minutos entre entrar e sair. Nada mal, hein?

A todos nós, desejo a todos uma semana iluminada!

 

Anúncios