Nada de balinhas!

Etiquetas

,

Já havia comentado ha algum tempo que a moedinha de um centavo estava com os dias contados. Assim sendo, senhoras e senhores, é com muito pesar que anuncio que a data do óbito foi 4 de fevereiro de 2013.

Mas pra consolar os mais saudosos, havia até a possibilidade de comprar algumas para guardar de lembrança. O rolo com 50 moedinhas foi vendido por $9.95 por algum tempo, contudo, como apenas vinte mil rolos comemorativos foram produzidos, essa relíquia vendeu como paezinhos de queijo recém saidos do forno e já acabou…. (sim, suas contas estão corretas, 20.000 rolos que valem $0.50 foram vendidos por $9.95 cada… hummmmmm…).

rouleau sous noir

Ok, mamis e papis me ensinaram a não julgar algo apenas porque não consigo entender….  😉

Mas continuando, agora que o sous noir não existe mais oficialmente, como fica na hora de pagar e/ou receber troco?

Bem, por aqui adotaram uma estratégia interessante logo a partir do dia seguinte. Na hora de pagar, ao selecionar a forma de pagamento como dimdim, as caixas registradoras devem ser programadas para arredondar valores da seguinte forma:

arrondir-cent

Ou seja, as vezes a gente ganha, as vezes a gente perde. Quanto aos comércios, as vezes eles ganham e as vezes ganham um bocadinho menos. Sem dramas e sem traumas.

E quanto as moedinhas que ainda existem? Nesse caso há 3 possibilidades: 1) troca-las no banco, 2) troca-las em maquinas especificas pra esse fim que existe em alguns mercados (tipo no Loblaws) ou 3) jogar nas fontes e chafarizes daqui!

Quanto a maquina pra trocar moedas, segue fotinho:

CoinstarMachine

Até já contei pro pessoal daqui sobre a nossa técnica de dar balinhas de troco mas, por algum motivo, sempre acham que estou brincando! Hihihihihihi….

P.S.> Mas sabem que as moedas aqui tem uma história bem interessante? Ainda vou fazer um post contanto algumas curiosidades, c’est promis!

Carnaval d’hiver

Etiquetas

, , , ,

Sabem, dificilmente esqueço minhas dívidas… mesmo quando demoro um bocadinho pra pagar! Hihihihi…

Assim sendo, cá estou eu pra falar sobre sobre o carnaval que temos aqui. Ele vai do finalzinho de janeiro até quase a metade de fevereiro. Que, coincidentemente, costumam ser as semanas mais frias do ano!

Esse evento é o maior carnaval de inverno do mundo (não que haja tanta gente assim concorrendo pelo título) e é celebrado desde 1894.

Aparentemente, a história começou com grupos de familiares e amigos que se reuniam pra se divertir antes que as vacas magras da quaresma começassem e, aos poucos, a moda pegou. Até que, em 1954 um grupo de empresários decidiu que seria interessante organizar a coisa e, a partir de 1955, o Carnaval d’Hiver passou a ser uma festividade oficial na cidade.

Nesse mesmo ano foi criado o mascote da festa, le Bonhomme Carnaval.

Bonhomme-Carnaval

Ok, ele é bem popular por aqui, mas tenho que confessar que, pra mim, um boneco de neve com a cara que parece feita de sagú e essas orelhas enormes é, simplesmente, perturbador… ou talvez o problema seja que eu assisti televisão demais quando era criança!!!

Enfim, dentre as atrações durante os 17 dias de festa estão: escorregadores gigantes feitos de neve, esculturas de gelo (dentre elas o castelo do Bonhomme), a corrida de canoas, desfiles nas ruas da cidade e etc..

O que teve de diferente esse ano foi o lançamento de em evento chamado LumoCité, envolvendo profissionais daqui, de Los Angeles, Budapeste e Genebra. A idéia é dar vida à construções históricas através de jogos de luzes. Segue um vídeo extremamente longo, mas que vale a pena nem que seja pra espiar algumas passagens.

Para ter acesso à maioria das atrações é preciso comprar uma effigie, um bonequinho, que serve como ingresso. Esse ano custava $15, o que acaba sendo bastante razoável, considerando a duração do evento.

effigy

Quanto aos desfiles… bem, a esses nunca assistimos. Mas talvez seja interessante pra quem tem crianças pequenas.

 

E vocês achando que no inverno a gente se esconde dentro de casa, hein? 😉

Uma semana maravilhosa a todos!

 

 

 

 

 

Aulas gratis de frances… e de ingles, e de espanhol, e de…

Etiquetas

, , ,

… alemão e de italiano!!!

Está querendo aprender um novo idioma, ou reforçar alguns conceitos que já conhece mas que estão guardadinhos no fundo de uma gaveta empoeirada?
E melhor ainda, quer fazer isso de graça, sempre que tiver um tempinho?

Senhoras e senhores, é com muita honra que vos apresento um site muito legal:

http://duolingo.com/

duolingo

O site é super fofo e colorido e com uma interface bastante amigavel. Além disso, as lições são curtas, seguem uma ordem lógica e sempre há a opção de pular os conteúdos que já domina, bastando fazer alguns exercícios pra ser dispensado(a) da unidade.

E pra facilitar ainda mais a vida da gente, caso esqueça de fazer as lições durante alguns dias, eles mandam um email simpático pra ajudar a espantar a danada da preguiça.

O unico problema é a facilidade em ficar viciado(a)… mas ao menos, causa é nobre!

Espero que curtam tanto quanto eu! 😀

Red Bull Crashed Ice 2013

Etiquetas

, , , ,

Ufa! Quanto tempo, não é? Ando numa correria danada mas nem esquentem que esse pobre blog abandonado não morreu… estava apenas hibernando 😀

Sei que no ultimo post havia comentado que falaria sobre o Carnaval d’Hiver que temos aqui… mas vai acabar ficando ainda pro próximo, ok?

Antes, gostaria de comentar sobre um evento interessante que temos já ha alguns anos por aqui. Vocês já ouviram falar do Red Bull Crashed Ice?

Embora o evento aconteça em vários países, as finais são aqui nas terras geladas. Alias, o clima acabou ajudando pois, após uma semana de temperaturas amenas, esse sábado amanheceu com a sensação térmica de -22C

Imaginem uma mega monster pista de gelo, com 594 metros de comprimento, com desnível de 60 metros, cheia de curvas, obstaculos e construída no coração do Vieux Québec.

red bull 2013 4

red bull 2013 2

red bull 2013 1

red bull 2013 3

Para construir essa pista, foi utilizado um total de 7500 horas de trabalho de profissionais e voluntários, tudo para apenas dois dias de competição… e que competição!

 

Esse foi o terceiro ano (e ultimo, conforme contrato firmado entre a cidade e o Red Bull) do evento no Vieux Québec. As negociações para os anos seguintes estão em andamento e as cidades de Montreal e Vancouver já avisaram que tem interesse de entrar na disputa… vamos ver! 😀

Quanto a mim, como ainda patino com a graciosidade de um ganso com assaduras, mais seguro mesmo é ficar do lado de fora da mureta!!! Hihihihihih…

Uma ótima semana a todos!

Quando o uso de remos é facultativo

Etiquetas

, , , ,

Deixa eu contar sobre um esporte pra lá de original que é praticado aqui. Vocês já ouviram falar da Course en canot à glace? Caso essa seja a primeira vez, não se preocupem, isso é algo bem daqui e só conhecemos depois que já estávamos morando nessas terras geladas.

Desde 1955 essa competição é praticada aqui durante o Carnaval d’hiver. Aliás, também temos carnaval em feveriro, sabiam? Conto detalhes no próximo post, ok?

E voltando ao assunto… 😀

Bem, a travessia em canoas agora é esporte, contudo, durante muitos anos esse foi o único meio de transporte entre Quebec e Levis. Por isso, em 1860 havia cerca de duzentos canoeiros que transportavam passageiros e mercadorias de um lado pro outro. E assim foi até a chegada dos barcos a vapor, no finalzinho do século XIX.

Pra dar uma idéia do percurso, segue esse mapa com setas matemáticamente exatas!

bassin louise

O que acaba dificultando a travessia são as correntes e o gelo… o montão de gelo acumulado!

O ponto de partida é o Bassin Louise (onde tem o balãozinho azul) e pra completar cada volta as equipes devem tocar um balão laranjado (aquele no cantinho a esquerda na foto).

SONY DSC

A equipe masculina deve fazer esse caminho 5 vezes e a feminina 3. Ufa!!!

Mas isso é pro pessoal profissional. Técnicamente, qualquer um pode reunir um grupo de 5 amigos(as), se tornarem membros da associação, treinarem como uns desesperados durante todo o ano e participar. Nesse caso, serão necessarias “apenas” 3 voltas completas. Ahhhh! Só 3??? Que moleza, n? Heheheheheh….

SONY DSC

Essa foi a primeira vez que fomos assistir e foi bem interessante. O evento é aberto ao público e tinha gente de todas as idades, apesar do friozinho (imagino que a sensação térmica era de uns -15C). Assim sendo, valia a pena se agasalhar bem… tenha você dois ou quatro pés!

SONY DSC

Pra quem quiser dar uma espiada no site oficial, segue o link.

SONY DSC

E aqui vai um videozinho 😀

Hôtel de glace, 2013

Etiquetas

, , ,

No inverno passado não rolou irmos no hotel de gelo, mas não deixamos passar esse ano! Como o layout muda a cada edição, achei que valia a pena conferir.

A novidade interessante esse ano é uma parede de escalada… feita de que? Feita de que? Feita de que? 😀

SONY DSC Achamos a idéia legal, mas não o bastante pra experimentar. Custa 20$ por pessoa, mas não sei exatamente quanto tempo cada um tem disponível pra enfrentar o paredão.

SONY DSCMesmo que já faça algumas semanas que o hotel está aberto, decidimos esperar um pouco antes de ir pois, como é uma obra grande e totalmente artesanal, a construção é feita em etapas. Exemplo, o que está em azul no mapa foi completado em 5 de janeiro, o que está em vermelho no dia 12, em verde no dia 19 e finalmente o roxo no dia 26… Além disso, um ótimo motivo pra esperar foram os diversos dias que tivemos com a sensação térmica de -40C … brrrrrr…

Mas não que o frio exterior afete grande coisa no interior do hotel. Por incrível que pareça, a neve é um excelente isolante térmico o que faz com dentro do hotel  a temperatura sempre oscile entre -3C e -5C. Contudo, estruturas como as dos iglus mantém uma temperatura ainda mais elevada (cerca de -1C) por serem menores e por terem uma portinha pequena que não deixa tanto vento entrar. E isso mesmo a -40C, ou mesmo durante uma super tempestade de inverno. Acho a idéia de usar neve pra não morrer de frio algo absolutamente fascinante e espero realmente ter ainda a oportunidade de passar uma noite em um desses!

Ok, uma idéia seria simplesmente ir dormir nesse hotel. Contudo, além de não ser a mesma coisa, as diárias custam a partir de 350$…

Enfim, voltando ao assunto.

A estrutura é imponente, a decoração é impressionante mas a lojinha de lembranças ainda deixa a desejar. Além de não haver muitas opções, os preços são salgados. Acho que falta ainda um pouco de imaginação. Querem um exemplo?

SONY DSC

É isso mesmo. Havia copos de gelo a venda. Mas o que levaria alguém a comprar um desses é um completo mistério pra mim! Por três motivos: 1) no bar disponível no interior do hotel, já ha drinks servidos em copos de gelo (ok, são super bonitinhos), 2) se você comprar um desses pra levar pra casa, vai derreter no caminho com o aquecimento do carros e 3) há gelo pra tudo quanto é lado! Essa manhã quando entramos no carro, achei uma garrafinha de água que passou a noite esquecida lá e estava tão congelada que quase poderia se usada como uma arma!

Mas há gosto pra tudo, eu sei… 😉

Quanto a decoração desse ano, a tema foi Voyage au centre de l’Hiver. Segue fotinhos pra que tirem suas próprias conclusões:

SONY DSCSONY DSCSONY DSCSONY DSCSONY DSCSONY DSCSONY DSCSONY DSCSONY DSCSONY DSC

Nada mal, não é? Mas resta a questão, vocês topariam se hospedar lá? 😀

Uma semana maravilhosa a todos nós!

A natureza no inverno: la Fouine

Etiquetas

, , ,

Bem, parece que a marmota québécoise tava com uma boa pontaria. Está chegando mais uma frente fria por aqui e amanhã cedo temos a previsão de sensação térmica de -37C.

Isso acabou me inspirando pra escrever mais um bocadinho sobre a natureza aqui, em especial sobre a doninha, ou fouine em frances.

the-weasel

Mesmo que sejam animalzinhos super fofos, não se deixem enganar! Elas são extremamente ageis e caçadoras por excelencia. E mesmo que elas comam ovos e frutas, a refeição preferida é ainda a com carne, de preferencia de ratos. Reza a lenda que na Roma antiga elas eram domesticadas e utilizadas pra exterminar os roedores das casas. E mesmo que elas sejam relativamente pequenas (medem entre 40 e 50 centímentros e pesam entre 1 e 2 quilos), elas não tem nenhuma inibição na hora de caçar animais muito maiores.

Isso significa que são bonitinhas, invocadas…. e estilosas! Explico:

Mesmo que haja varias variedades da espécie, as que vivem em regiões onde o inverno é rigoroso trocam de pelagem durante os meses mais frios.

weasel winter

E vocês sabem por que?

Sim, muito bem! Isso ajuda a se camuflarem na neve e evitar predadores. Mas aí surge a pergunta, se a idéia era se esconder na neve, o que significa essa cauda com a ponta escura?

Weasel-Long-Tailed

Aha!

Aí é que vem a parte interessante! A cauda dessa cor é exatamente o que as salva dos predadores, que são principalmente aves como: corujas, águias e falcões. No momento do ataque, o opontente procura atacar a cabeça do adversário. Acontece, que na hora de decidir em qual extremidade do corpo está a cabeça, essa cauda escura acaba confundindo os pássaros. Assim, por alguns breves instantes, eles hesitam e é dessa fração de segundos que as doninhas precisam pra escapar. Genial, não é?

Casa própria por $900!

Etiquetas

, ,

Ok, deixa eu começar explicando que isso nem aconteceu no Canada, mas achei tão genial que simplesmente tinha que mencionar aqui no blog!

Essa história aconteceu na Inglaterra, em uma região chamada Yorkshire, onde quatro amigos se reuniram pra arrecadar fundos para um centro de pesquisa local contra o cancer.

Aproveitando a fartura de matéria prima, decidiram construir um iglu e em seguida leiloar no eBay essa bela e original casinha que deve ser um pouco gelada. 😀

No final das contas, o “imóvel” recebeu 76 lances e foi arrematado por 571£, o equivalente a CAD 900$. Nada mal, hein? Uma casa própria super acessível que duraria uns seis meses aqui.

Na descrição do produto, indicaram  que a localização é excelente, há banheiros públicos situados a uma curta caminhada de distancia, que os vizinhos são gente boa mas que, por motivos de segurança, lareiras não foram instaladas!

Como não poderia deixar de ser, segue fotinhos:

igloo1igloo2

E pra quem quiser espiar o anúncio original, segue o link.

O legal é que se essa moda pega, temos matérial suficiente aqui pra construir todo um condomínio, e dos beeeem grandes! Hihihihihi…..

 

Pergunte pra marmota… pra marmota québécoise!

Etiquetas

, , ,

Então, cá estou eu pra fazer uma atualização da previsão da senhora marmota.

Conforme escrevi no post anterior, a marmota dos Estados Unidos não viu a própria sombra e isso deve significar que a primavera se aproxima.

Acontece, que aqui temos a nossa própria marmota quebeca que fica em Gaspésie e as previsões nessas terras geladas é que devemos ter mais seis semanas de frio por aqui.

Ahhhh… eu tinha perguntado pra marmota errada!!! Hehehehehe…

Fred la marmotte quebecoise

Ops, foi mal Fred… 😉

Pra quem tiver interesse, segue link com a matéria.

Um ótimo domingo a todos!

Pergunte pra marmota!

Etiquetas

, , ,

Sabem, depois de alguns meses de inverno, o pessoal aqui começa a sonhar acordado com o sol, areia branquinha e água do mar com temperaturas positivas. Assim, férias na Republica Dominicana, Cuba e México são extremamente populares, nem que seja pra ficar nessa vida boa durante apenas uma semana. Acreditem, até mesmo essa cara pálida que vos tecla tem tido vários momentos de fraqueza e já quase que completamente esqueceu que nem não curte o calor tanto assim… hihihihi…

Não que o tempo já não tenha melhorado. Depois de vários com -40C, hoje cedo tivemos a sensação térmica de -31C… e agora já estamos com meros -16C. Que luxo, hein?

Mesmo assim, já chegamos no ponto de começar a nos perguntar se a primavera vai demorar muito pra dar as caras. Assim sendo, nada como perguntar para quem entende do assunto! Ok, devemos falar com os meteorólogos que estudaram durante anos e que tem acesso a vários equipamentos de alta tecnologia? Nada disso! É hora de perguntar a uma marmota!

marmotte

Reza a lenda que se uma marmota conseguir ver a própria sombra em um 2 de fevereiro, o inverno vai durar ainda mais seis semanas, caso contrario, as temperaturas vão começar a se tornar mais amenas e a primavera está pra chegar.

Esse momento celébre é chamado em frances de Le jour de la marmotte, ou Groundhog Day em ingles. E pra quem está imaginando que essa história é muito pirada pra ser verdade, segue um vídeo com a cerimonia desse ano…

Na realidade, essa comemoração nem acontece no Canada. A sede é nas terras do tio Sam, na cidade de Punxsutawney, Pennsylvania. Mesmo assim, os resultados são bastante populares aqui.

Aparentemente, tudo começou na Europa ha algumas centenas de anos quando algumas culturas utilizavam a observação de fenomenos nem sempre científicos pra prever o tempo.

Quanto a escolha da data, aí temos uma sopa com os igredientes mais variados. Pra começar, havia as festividades pagãs pra celebrar a metade do período entre o solstício de inverno e o equinócio da primavera do calendário celta. A isso podemos somar uma outra, também de origem pagã (na qual as pessoas colocavam uma vela acesa na janela pra afastas os maus espíritos), que mais tarde foi assimilada pelo Cristianismo (o que com o passar do tempo se tornou o que conhecemos hoje como a Candelária). Ufa!

Mas voltando a marmota, científicamente, qual a probabilidade que ela acerte a previsão do tempo? Hummm…. não tão boas assim. Mesmo que os organizadores da festa garantam uma precisão perto dos 90%, as estatísticas apontam pra algo entre 37 a 39%. Xiiiiiiii…

Bem, esse ano parece que ela não viu a própria sombra mas, se ela realmente acertou a pontaria ou não, as próximas semanas vão dizer! 😉